Marcel van Hattem palestra sobre a Nova Previdência na ACIGRA, em Gravataí/RS

Deputado Marcel van Hattem é um dos “Cabeças” do Congresso Nacional
10 de junho de 2019
Em live, deputado Marcel classifica como “atentado contra o Brasil” vazamentos criminosos do The Intercept. Assista.
10 de junho de 2019

O deputado federal Marcel van Hattem (NOVO-RS) palestrou, nesta segunda-feira (10/6), no Almoçando com a ACIGRA, evento promovido pela Associação Comercial Industrial e de Serviços de Gravataí, cidade da região metropolitana de Porto Alegre. O tema foi “A Nova Previdência”, pauta que está em voga no Congresso Nacional e que deve ter seu parecer enviado ao plenário da Câmara dos Deputados pela Comissão Especial que analisa a Proposta de Emenda à Constituição formulada pelo Executivo.

Marcel palestra em Gravataí em evento promovido pela ACIGRA

Cerca de 150 pessoas lotaram o restaurante do Clube Esportivo Alvi-Rubro, no município que dista 35 quilômetros da capital gaúcha. Estiveram presentes, também, autoridades locais, como o prefeito Marco Alba e o candidato a deputado estadual pelo NOVO em 2018 Rodrigo Luzardo.

Após a abertura do evento realizada pelo presidente da ACIGRA, Régis Albino Marques Gomes, Marcel iniciou sua fala abordando o principal tema do dia: as interceptações ilegais hackeadas dos telefones do atual ministro da Justiça – antes juiz responsável pela Operação Lava Jato – Sergio Moro e de membros do Ministérios Público Federal que foram divulgadas por um site com viés de esquerda e contrário à Operação Lava Jato. Marcel repudiou o ato criminoso de roubo de informações pessoais e sinalizou o uso político da interceptação criminosa. “Defendemos a liberdade de as pessoas conversarem e terem sua intimidade preservada. As mensagens divulgadas foram descontextualizadas e obtidas de forma criminosa, com objetivo de dificultar o andamento de projetos importantes que estão em pauta, como a Reforma da Previdência”, afirmou.

Sobre a Nova Previdência, o deputado Marcel ressaltou que a reforma será importante e benéfica para toda a população e que a imprensa deveria divulgar amplamente todos os pontos do projeto. “Sem a devida correção do sistema previdenciário atual não haverá aposentadoria nem para o patrão, nem para o assalariado. É uma mentira deslavada dizer que os mais pobres vão pagar mais, pois quem ganha até dois salários mínimos hoje contribui com 8% e com a aprovação da proposta que está tramitando pagará 7,5%. Para que o efeito fiscal seja suficiente para diminuirmos o enorme rombo atual, é essencial que privilegiados que se aposentam com altos salários e políticos também estejam inclusos na Nova Previdência”, disse.

Para Marcel, não é possível sequer cogitar a saída de estados e municípios da proposta, a fim de que a economia calculada pelo ministro da Economia Paulo Guedes, de R$ 1,2 trilhão em 10 anos, seja alcançada.

Após a palestra, o deputado Marcel atendeu aos presentes, representantes de diversos setores da sociedade gravataiense. Em todas as respostas, reafirmou que a Reforma deve ser ampla e irrestrita, contemplando de operários a juízes e políticos. Além disso, defendeu que o ajuste fiscal previsto para a Nova Previdência trará mais investimentos para o país.

Marcel participa de conversa com filiados e apoiadores do Partido NOVO

Mais cedo, antes da palestra, o parlamentar gaúcho tomou café da manhã com filiados do NOVO e apoiadores de seu mandato em uma padaria no centro da cidade. Na ocasião, o líder do NOVO na Câmara dos Deputados incentivou filiados a buscarem novas adesões para que a meta de 150 filiações no município seja atingida e Gravataí consiga atender as exigências estipuladas pelo Diretório Nacional do Partido para ter candidatos a vereador e prefeito nas eleições do ano que vem.

Os comentários estão encerrados.