Marcel discute impactos do coronavírus na economia brasileira em webconferência da Amcham

Deputado Marcel destaca: “Serenidade e responsabilidade: é disso que mais precisamos agora!”
25 de março de 2020
Deputado Marcel van Hattem é entrevistado por Rogério Forcolen no programa Brasil Urgente RS
25 de março de 2020

O deputado federal Marcel van Hattem (NOVO-RS) participou, na manhã da última quarta-feira (25/03), de uma  webconferência promovida pela Amcham Brasil, a câmara de comércio americana no país. O encontro, mediado pelo vice-presidente executivo da entidade, Abrão Árabe Neto, contou também com a participação do deputado federal Alexis Fonteyne, do NOVO de São Paulo. A temática abordou os impactos do Coronavírus na economia brasileira. 

Para o parlamentar gaúcho, serenidade e responsabilidade são as palavras que devem nortear governantes e pessoas em posição de liderança no país. “O pronunciamento do presidente ontem, em cadeia nacional, não veio para acalmar as pessoas como se esperava frente a uma grande crise. É preciso serenidade. Temos que dar todo apoio ao governo federal,  aos estados e aos municípios para que tenham ação coordenada no combate ao vírus. Eleições estão longe, disputas de vaidade devem ficar em segundo plano. Nesse momento temos que focar nossos esforços em ações coordenadas. Todos os governantes e que têm papel de liderança têm que ter serenidade e responsabilidade”, disse.

Foto: Reprodução/LinkedIn/Amcham-Brasil

Outro ponto abordado durante a live foi o impacto na Economia. “A pandemia vai gerar muitas mortes, mas pode causar ainda mais danos e mortes se não soubermos lidar de forma coordenada na área econômica. O remédio para cura não pode matar o paciente, ressaltou Marcel. “Precisamos olhar para a realidade do mundo; é uma época que não é previsível para ninguém, nem EUA, nem Reino Unido, etc. A China só agora está conseguindo sair dessa crise”, ilustrou.

Outro ponto abordado foi a importância do setor público cortar na própria carne e dar exemplo à população, já que a arrecadação em todos os níveis deverá cair vertiginosamente. “O pessoal do andar de cima do funcionalismo tem de dar exemplo. Muita gente no funcionalismo público ganha pouco. Mas os que mais ganham têm de cortar na própria carne e dar o exemplo”, pontuou o deputado gaúcho. Marcel relembrou que, para os parlamentares do NOVO Brasil afora e suas equipes, isso não é novidade. “Como disse o deputado Alexis, o NOVO nunca precisou de pandemia para cortar na carne. Todos têm de cortar na carne, senão, não vai ter dinheiro para pagar os salários do funcionalismo público”, reiterou.

>>Assista a íntegra desta webconferência com participação do deputado Marcel van Hattem

Por fim, foi discutido o papel do Estado na crise e na reconstrução do país quando a Economia voltar a girar. “O papel fundamental do Estado em casos de guerra, pandemia, é organizar a sociedade. O máximo que der pra deixar nas mãos da iniciativa privada, deve ser feito. Não podemos nos curvar a populismos, achando que o Estado vai resolver todos os nossos problemas. Mesmo em tempos de pandemia, a burocracia estatal vem atrapalhando a agilidade em se ter condições de que a iniciativa privada e as pessoas em geral possam ter mais tempo para se levantar, como no caso da postergação do IR, um projeto de lei que já apresentamos na Câmara”, finalizou.

Os comentários estão encerrados.