Lajeado e Esteio são os municípios selecionados para receberem laboratórios do Espaço 4.0 com emendas individuais do deputado Marcel

Gabinete do deputado federal Marcel van Hattem apresenta resultados do processo seletivo para destinação de emendas individuais na área da Saúde em 2020
17 de fevereiro de 2020
Deputado Marcel faz apelo aos colegas no plenário da Câmara: “precisamos votar mais!”
18 de fevereiro de 2020

Após um processo seletivo que envolveu a análise de 40 municípios interessados , o gabinete do deputado federal Marcel van Hattem (NOVO-RS) chegou ao resultado final para a definição dos dois municípios contemplados para receberem os laboratórios do Programa ESPAÇO 4.0 cuja emenda parlamentar é de R$300.000,00 cada: Lajeado e Esteio. O projeto visa a melhoria da educação e aguça a curiosidade dos jovens gaúchos para o empreendedorismo, por meio da instalação de laboratórios de produção criativa inspirados na rede mundial Fab Lab de prototipagem de objetos físicos e processos inovadores.

Deputado Marcel realizou processo seletivo para destinação de emendas parlamentares individuais

Este programa é desenvolvido também no MIT (Massachusetts Institute of Technology) e permite aos jovens usar ferramentas, impressora 3D e computadores para produzirem protótipos e soluções para problemas listados pela indústria e pela comunidade. “A atividade sem dúvida é essencial para capacitar os gaúchos para o mercado de trabalho e também para inspirá-los para a atividade empreendedora”, indica o deputado Marcel.

>> Vídeo de anúncio do processo seletivo para emendas do Espaço 4.0
>> Live de anúncio do resultado do processo seletivo para a destinação de emendas parlamentares individuais do gabinete do deputado Marcel van Hattem

O Município de Lajeado, além de ter obtido o melhor desempenho na análise dos indicadores, demonstrou possuir amplo ecossistema de inovação e incentivo ao empreendedorismo. Entre os projetos desenvolvidos na área, destacam-se o Simplifica Lajeado, Pro_Move, Acelera 1.0 (programa de aceleração de startups) e o Fundo municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação. Há no município forte relacionamento com a universidade local e grande interesse em desenvolver o projeto conjuntamente com a instituição de ensino. Outro fator determinante é o número de indústrias 4.0 existentes no município e em um raio de até 20km, demandando alta quantidade de mão-de-obra qualificada. Por fim, houve por parte da administração municipal total comprometimento em dar continuidade ao projeto, com melhorias que possam vir a serem necessárias e custeando os insumos e recursos humanos após o primeiro ano.

O Município de Esteio empatou com outros nove municípios na segunda colocação do processo seletivo. O fator determinante para sua escolha foram os projetos já desenvolvidos para a formação profissional de jovens, executados tanto por duas grandes universidades, quanto pelo Sistema S. Durante a conversa com os gestores municipais, ainda foram apresentadas ações que demonstram a atenção dada para a criação de um ambiente de fomento ao empreendedorismo, como a recente aprovação de uma Lei Municipal de Liberdade Econômica. O município também desenvolve a Feira de Negócios e anualmente a Expointer. Estas características de Esteio garantem ao laboratório do Espaço 4.0 instalado no município a chance de conectar os jovens aprendizes com empresas de diversas localidades do Rio Grande do Sul, do Brasil e do mundo.

Os comentários estão encerrados.