Deputado Marcel van Hattem é um dos “Cabeças” do Congresso Nacional

Marcel Van Hattem: “Todos os brasileiros devem estar contemplados na reforma da Previdência”
10 de junho de 2019
Marcel van Hattem palestra sobre a Nova Previdência na ACIGRA, em Gravataí/RS
10 de junho de 2019

O Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (DIAP) divulgou a lista dos 100 “Cabeças” do Congresso Nacional, deputados e senadores mais influentes dentro do Legislativo. Realizado desde 1986, o tradicional estudo traz em sua mais recente edição o deputado Marcel van Hattem (NOVO-RS) como um dos 71 deputados federais “Cabeças” do Congresso em 2019.

Segundo o DIAP, para figurar na lista de “Cabeças”, o parlamentar precisa realizar um trabalho que o diferencie dos demais, sendo um protagonista e influenciador do processo legislativo. Por conta de suas habilidades, o congressista torna-se um operador-chave dentro do Congresso, e suas iniciativas e preferências prevalecem no processo de decisão da Câmara dos Deputados ou do Senado.

> Confira matéria no site do DIAP sobre os “Cabeças” do Parlamento em 2019

O estado do Rio Grande do Sul possui sete parlamentares na lista dos 100 congressistas mais influentes, todos eles com três ou mais mandatos. Eleito em 2018, Marcel é o único gaúcho de primeiro mandato no ranking. “Sempre disse que seria importante chegar a Brasília com condições de ajudar a influenciar nas principais decisões do Parlamento. O expressivo apoio que recebi nas urnas, a experiência que adquiri em mandatos na Assembleia e na Câmara de Dois Irmãos e a confiança dos meus colegas deputado do Partido NOVO para liderar a bancada têm sido essenciais para exercer meu mandato com protagonismo na Câmara dos Deputados”, afirma o deputado Marcel, eleito o deputado federal mais votado no Rio Grande do Sul e o sétimo mais votado no Brasil.

Além de indicar os mais influentes, o DIAP ainda separa os congressistas por categorias, de acordo com as suas habilidades mais evidentes. No total foram definidos cinco diferentes perfis: debatedor, articulador, formulador, negociador e formador de opinião. O deputado Marcel e outros 20 “Cabeças” do Congresso foram classificados como negociadores. De acordo com a descrição contida no estudo, o parlamentar que possui esta habilidade é geralmente um líder partidário que “senta-se à mesa de negociação respaldado para tomar decisões”, é “respeitado por seus pares”, “dotado de credibilidade”, “urbano no trato”, “controlado emocionalmente” e com “habilidade no uso das palavras”.

Líder do Partido NOVO na Câmara dos Deputados, o deputado Marcel atua de maneira alinhada aos sete colegas de bancada. “Defendemos menos interferência estatal na vida do cidadão e a valorização das ideias de liberdade”, destaca.

Os comentários estão encerrados.