Deputado MarceI participa da entrega de Moção de Louvor aprovada pela Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional a Israel

Maria do Rosário e Van Hattem assumem estilo de leitura tartaruga e lebre na batalha da CCJ
16 de abril de 2019
Na CCJ, Marcel usa copos para ilustrar o sistema previdenciário atual e defender a Reforma da Previdência
16 de abril de 2019

Nesta terça-feira (16/4), o deputado federal Marcel van Hattem (NOVO-RS) participou da entrega de Moção de Louvor ao governo de Israel em agradecimento ao auxílio de militares israelenses aos bombeiros brasileiros durante o resgate das vítimas de Brumadinho-MG. Aprovada pela Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional (CREDN), com voto favorável do deputado Marcel, a homenagem foi entregue ao embaixador de Israel no Brasil, Yossi Shelley, em cerimônia realizada na própria Embaixada de Israel em Brasília.

Acompanhado do presidente da CREDN, deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), e de outros deputados que votaram favoravelmente à Moção e Louvor, Marcel pediu a palavra para explicar o motivo da homenagem.

Marcel na entrega da Moção de Louvor ao governo de Israel

“Quando nós vimos a tragédia de Brumadinho, uma série de sentimentos afloraram. Dor, angústia, revolta, indignação, revolta, inconformismo. Tantos outros sentimentos fizeram com que os brasileiros sentissem o tamanho da tragédia que afligia aquele povo, aquele estado, o país, o que acabou levando ao mundo a mensagem que estávamos precisando de ajuda”, disse o deputado Marcel.

Em seguida, sob o olhar atento do embaixador Shelley, Marcel prosseguiu. “Mas tem um outro sentimento, acima dos outros, que não podem ser esquecidos, que foi o sentimento de gratidão. E é isso que queremos expressar. Daqui pra frente fica registrado, pelas votos da Comissão que representam a Câmara, por meio desta placa, o nosso profundo sentimento de gratidão a Israel”, completou.

Em 27 de janeiro, 130 militares israelenses embarcaram em Jersualém para virem ao Brasil ajudar nas buscas por vítimas do rompimento da barragem da Mina Córrego do Feijão, da Vale, em Brumadinho, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Além dos soldados, Israel enviou ao Brasil cães farejadores e sonares usados em submarinos para localizar pessoas em grandes profundidades, com alta qualidade de recepção de imagem e detectores de vozes e ecos.

Os comentários estão encerrados.