Deputado Marcel participa do Seminário de Abertura do Ano Legislativo 2020, da Revista Voto

By 12 de fevereiro de 2020Noticias

Com a participação do deputado federal Marcel van Hattem (NOVO-RS) no painel “Líderes do Novo Brasil e os Desafios do Congresso em 2020”, a Revista Voto realizou nesta quarta-feira (12/2) o Seminário de Abertura do Ano Legislativo 2020, no Anfiteatro do Complexo 21, em Brasília. Além do deputado Marcel, participaram outros parlamentares, o governador do estado do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite e ministros do governo Bolsonaro. No mesmo painel em que Marcel participou, apresentaram suas posições políticas também os deputados Pedro Bezerra (PTB-CE), Felipe Rigoni (PSB-ES) e Paula Belmonte (Cidadania-DF).

Durante seus quase 10 minutos de fala, Marcel mencionou os desafios do ano de 2019 do parlamento e como o momento disruptivo da comunicação são grandiosos. “O parlamento teve um papel de muita relevância em 2019, ainda mais por se tratar de um momento de ruptura institucional no mundo todo. A informalidade das redes sociais e das novas formas de comunicação estão realizando uma ruptura imensa, talvez comparada apenas à grande revolução industrial”, disse.

Sobre o trabalho legislativo, o atual vice-líder do NOVO mencionou que gostaria que mais privilégios tivessem sido cortados na Reforma da Previdência. O gatilho para que não tivesse uma idade mínima para aposentadoria na Constituição e a aprovação do regime de capitalização foram exemplos apresentados por ele. “Temos grandes desafios após a pedra fundamental da recuperação econômica ter sido colocada com a aprovação da Reforma da Previdência, que já deveria ter sido feita há mais tempo. Claro que, como parlamentar do NOVO, um partido que defende o governo mais limitado possível, com fim de privilégios e valorização do cidadão, principalmente do mais pobre, que é quem mais paga a conta, gostaríamos que a reforma tivesse avançado ainda mais”, indicou.

A Reforma Administrativa e a decisão da volta da possibilidade da prisão após segunda instância são pautas que estão entre as prioritárias para 2020. “Não existe clausula pétrea que garanta a impunidade neste país”, finalizou, Marcel. Assista à integra do evento neste link.

 

Leave a Reply