Processo seletivo de emenda parlamentar: divulgados os projetos contemplados com recursos para o turismo | Marcel van Hattem - Deputado Federal (NOVO-RS)

 Em iniciativa inédita, o deputado Marcel van Hattem (Novo-RS) apresentou os vencedores do processo seletivo para destinar R$ 1 milhão em emenda parlamentar para projetos de infraestrutura turística no Rio Grande do Sul. Os quatro projetos selecionados foram a Revitalização da Orla do Rio Caí no município de Feliz, a Restauração do Obelisco Republicano em Pelotas, Plataforma de vidro no Belvedere Sonda em Nova Pádua e a Iluminação da orla da praia da Costa Doce em Arambaré. Cada projeto selecionado irá receber R$ 250 mil.

“Desde que assumi o mandato de deputado federal tenho buscado alocar recursos das emendas parlamentares através de critérios técnicos lançando processos seletivos para que os melhores projetos sejam selecionados. As quatro propostas vencedoras farão a diferença para a vida dos moradores dos municípios contemplados e esses investimentos darão maior força ao turismo gaúcho”, destaca o deputado Marcel.

Ao todo foram analisados projetos de 128 municípios gaúchos, que passaram por uma análise de qualidade técnica, viabilidade de implementação, relevância turística local e regional, além de resultados que justificassem o recebimento de recursos da emenda parlamentar.

As emendas parlamentares já foram indicadas pelo deputado Marcel van Hattem e, agora, os municípios contemplados precisam cadastrar os projetos junto ao Ministério do Turismo.

Em razão da demanda de projetos de infraestrutura turística diagnosticada através do processo seletivo, o deputado federal Marcel van Hattem pretende destinar mais recursos de emenda parlamentar para essa área no Orçamento Geral da União 2022. Os projetos submetidos no processo seletivo de 2021 estarão automaticamente inscritos para nova avaliação que será realizada no próximo ano.

Acesse o link do relatório completo aqui.

 

Conheça um pouco mais de cada projeto selecionado:

Revitalização da Orla do Rio Caí – O município de Feliz apresentou projeto para a revitalização de cem metros da orla, no trecho próximo à antiga Ponte de Ferro que, trazida da Bélgica e  inaugurada em 1900, se constitui no principal cartão postal da cidade. O projeto prevê a revitalização da área com a construção de passeios, deck, miradouro de 36 metros, três belvederes, mobiliário urbano e paisagismo. A revitalização da orla além de propiciar um aumento da circulação de moradores no trecho, que hoje deixam de frequentá-lo devido ao seu estado de depreciação, possui potencial para atrair turistas e visitantes ao município, tornando-se um atrativo turístico de referência na região do Vale da Felicidade.

Plataforma de vidro no Belvedere Sonda – A proposta da prefeitura de Nova Pádua prevê a ampliação da plataforma do Belvedere Sonda com a construção de uma passarela de vidro. O Belvedere Sonda, criado na década de 1970, é o principal ponto turístico do município e possui estrutura para receber os visitantes com restaurante panorâmico, café colonial, casa do artesanato e área de lazer. Com a construção da plataforma de vidro, a expectativa é de que ocorra um acréscimo de 50% no número de visitantes ao local.

Restauração do Obelisco Republicano – O projeto de Pelotas busca requalificar o Obelisco Republicano e seu entorno. Trata-se de um monumento único, de 1885, ainda durante o regime monárquico, para homenagear o ideal republicano. A obra é uma homenagem a Domingos José de Almeida, financiador da Revolução Farroupilha (1835-1845) e ex-ministro da Fazenda da República Rio Grandense. Tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, a revitalização do monumento e do seu entorno com infraestrutura adequada, acessibilidade e mobiliário urbano, irá criar um espaço de cultura e lazer para estimular o turismo na cidade. A obra de revitalização do entorno terá contrapartida da prefeitura municipal de Pelotas.

Iluminação da orla da praia da Costa Doce –  O projeto da prefeitura de Arambaré prevê iluminação de led, com fiação subterrânea, na orla da praia da Costa Doce, que é banhada pela Lagoa dos Patos. Dos 6 km de extensão, aproximadamente 4 km não possuem qualquer tipo de iluminação, impedindo que a população e turistas possam frequentar o local à noite. No verão, o município chega a receber 50 mil turistas de diversas regiões do Rio Grande do Sul aos finais de semana, o público atinge 100 mil entre o Natal e Ano Novo, sendo um concorrido destino turístico.